Natal 2015: Crise Econômica Desliga os Pisca-Piscas de SP

22 dezembro, 2015
É fato que os paulistanos já estão habituados às matizes de cinza que compõem o céu, as construções e o asfalto de São Paulo, quase que em sua totalidade. No entanto, sempre foi costume em nossa selva de pedras, decorar os prédios e estabelecimentos com pisca-piscas e artigos decorativos na época de Natal. E, de fato, isso sempre gerava um pouco mais de alegria e nos trazia a ilusão de viver num ambiente menos acinzentado.
natal_paulista-marjorie_Trofa3
natal_paulista-marjorie_trofa2
Decoração da avenida Paulista para o Natal de 2014 
No quesito show de luzes natalinas, a decoração da avenida Paulista sempre foi uma das mais tradicionais da cidade. Seus imponentes prédios se iluminavam de cima a baixo, e algumas vezes até dava a impressão de que eles competiam entre si pela decoração mais suntuosa. Como não lembrar das decorações magníficas da clássica agência do Banco Itaú (antigo endereço do Bank Boston, e que recentemente, também deixou de ser do Itaú), no cruzamento entre a Paulista e a Ministro Rocha Azevedo? Todos os anos, aquela decoração parava – literalmente – o trânsito e trazia gente dos mais variados cantos para apreciá-la.
natal_paulista-marjorie_Trofa
Tradicional decoração natalina de agência bancária da Paulista
A poucos dias do final de dezembro de 2015, no entanto, tudo continua escuro: à exceção de umas luzinhas modestas na fachada do Conjunto Nacional, não há nenhuma decoração natalina. A avenida Paulista, cartão-postal do país, parece estar de luto neste Natal. Nem mesmo o tradicional palco natalino (posteriormente utilizado para o show da virada) que ficava no meio da avenida foi erguido. Deem só uma olhada:
natal_paulista-marjorie_Trofa4
natal_paulista-marjorie_Trofa6
É… Parece que a recessão, a retração do PIB em quase 6%, a queda do rating brasileiro em diversas agências internacionais, e, principalmente, o aumento de mais de 50% na conta de energia elétrica (o qual, vale lembrar, Dilma falou que jamais haveria) cancelaram o grande show de luzes natalinas. E isso não só na avenida Paulista, mas no Brasil inteiro.
Arrisco dizer, no entanto, que a causa crucial deste Natal “apagado” não seja nem a crise econômica, mas a desesperança e o desânimo dos brasileiros. As crescentes incertezas perante o que está por vir acabaram deixando o dia-a-dia do brasileiro menos colorido e fazendo com que seus planos “brilhantes” para os negócios pareçam agora um tanto quanto desbotados.
A situação é triste! Mas ainda assim, acredito que não devemos nos dar por vencidos e deixar de lutar por nossos sonhos. Apesar dos altos riscos, muitas empresas que hoje são bastante sólidas surgiram em momentos de crise. Então, não deixe de acender em casa seu pisca-pisca, ou mesmo uma velinha que seja, para aguardar a vinda de 2016.

Comente esse assunto no Facebook

O que achou? Comente aqui no blog!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Posts Relacionados